Sapiens

Barack Obama falou que "Sapiens", de Yuval Noah Harari, é “uma história abrangente da raça humana, que aborda alguns dos fatores cruciais que nos permitiram construir esta extraordinária civilização.” Este livro, um dos maiores fenômenos editoriais dos últimos tempos, foi trazido para dentro da conversa que os integrantes do Nexo tiveram com Maximiliano Carlomagno, da Innosciense, no NexoCast 04, que pode ser escutado pelo Spotify e também aqui no site.

 

O autor, doutor em história pela Universidade de Oxford, aborda em "Sapiens" a história da humanidade sob uma perspectiva inovadora. Explica que o ca­pitalismo é a mais bem-sucedida religião; que o imperialismo é o sistema político mais lucrativo; que nós, humanos modernos, embora sejamos muito mais poderosos que nossos ancestrais, provavelmente não somos mais felizes.

 

Quando cita o livro no podcast, Maximiliano Carlomagno destaca que Harari aponta que uma das questões que caracterizam e diferenciam o "homo sapiens" é justamente a habilidade de articular suas movimentações em grupos, e relaciona com pessoas, organizações, e sua capacidade de pensar. "Abrir mão de pensar e só fazer, me parece que estamos abrindo mão da principal capacidade do ser humano", diz Maximiliano.

 

O livro pode ser encontrado para comprar nesse link da Amazon

E o NexoCast 04, com Maximiliano Carlomagno, está disponível pelo Spotify nesse link.


Curta e compartilhe:

Comenta aí, o que você achou desse conteúdo?

Confira também:

A Caixa Preta da Governança

A Hipótese do Inovador

Abundância O futuro é melhor do que você imagina